Saturday, December 6, 2008

Dois Pesos, Duas Medidas

Coisas que odeio que as pessoas façam:
(…)
13) Reclamar do governo, mas…
…comprar coisas piratas, sonegar impostos, levar a vida no ‘jeitinho’, deixar transparecer que, se tivesse uma oportunidade, roubaria tanto quanto aqueles políticos que tanto critica.

Suellen em “95 Teses de Lutero

relacionado: este post + comentários (e este também, do mesmo blog)


Update: a parte II foi publicada, e contém mais uma pérola que complementa a anterior:

19) Ser idealista, porém…
…desfrutar de tudo do bom e do melhor, mesmo sem saber que muitas dessas coisas das quais desfruta vieram graças à ideologia que tanto combate, que tanto odeia.

Olha, nada contra usar uma camiseta do Che Guevara (cujo filme irá estrear logo por aqui, com o Benicio del Toro), ser contra o presidente americano do momento, ficar indignado pelo fato de darem US$ 1 trilhão para os bancos e não para os famintos, ou ser a favor do meio ambiente, militando no Greenpeace.

O problema, por exemplo, surge quando o cidadão se revolta com o capitalismo, mas cursa uma faculdade, cara, seja pela mensalidade absurda, seja por ser custeada por nossos impostos. E quem banca seu idealismo é o pai, muitas vezes, executivo de uma multinacional das mais típicas do capitalismo que ele odeia tanto. Tanto que, enquanto você chega de ônibus na faculdade, e é logo criticada por ele por escolher trabalhar numa empresa que, entre outros absurdos, agride o meio ambiente, o idealista veio sozinho, de carro, equipado com ar-condicionado, cujo gás é um dos que mais prejudicam nossa atmosfera, mas para quê saber disso, né? Chato demais…

Ou então usar uma bandeira do Tibete no carro, na camiseta, mas continuar a comprar produtos chineses…Francamente, quer mudar o mundo? Adote posturas e atitudes condizentes. Não se limite aos discursos.

Posted by Waldir Pimenta in 14:11:35
Comments

One Response to “Dois Pesos, Duas Medidas”

  1. Lisf says:

    >.< tb detesto isso… e é uma realade ainda mais visível na Venezuela do que em qualquer outro pais em que eu tenha estado. Eu mais do que criticar um governo que não funciona como deve( no caso do governo venezuelano) critico o comportamento social das pessoas. esmagam-se umas as outras como se fosse uma selva, não respeitam as leis conforme convém e não se preocupam minimamente com isto nem sequer pensam nas consequências do que este tipo de comportamento traz.

    Lisf.